A águia voando pode ver sua presa de apenas oito centímetros saltando na água a uma incrível distância de oito quilômetros. E mais, uma águia voando a 200 metros de altura é capaz de observar um pequeno objeto se movendo em uma grama alta de até 15 centímetros!

Se você não tem essas habilidades não se preocupe. Isso é porque as águias tem uma visão cinco vezes mais aguçada que os humanos.

A visão do ser humano é perfeita para as funções que desempenhadas no dia a dia. Embora seja extraordinária a visão da águia, não precisamos dela para caçar nosso alimento, ao contrário do animal que necessita dessa habilidade para se manter vivo na natureza.

Mesmo sendo um mecanismo perfeito nossa visão pode apresentar falhas e distúrbios. Vários deles como – miopia, hipermetropia, astigmatismo, catarata, glaucoma e outros.

Nesse artigo vamos considerar um distúrbio da visão muito comum que pode atrapalhar funções do dia a dia como dirigir, enxergar de longe. Esclareceremos dúvidas sobre o que é miopia, quais são os sintomas, causas e tratamento. Vamos conferir?

Quais os sintomas da miopia

A visão é um sentido muito precioso e útil, quando apresenta algum problema os sintomas podem ir além de não enxergar bem as imagens.

O principal sintoma da miopia é a visão nebulosa, imagens embaçadas. Nesse distúrbio isso acontece com imagens que estão a certa distância. Quanto maior o grau, mais embaçado a imagem fica.

Esse processo pode acontecer lenta e gradualmente ou de maneira rápida. No primeiro caso pode ser imperceptível logo no começo, porém, um detalhe é fator indicativo do problema – dores de cabeça.

Isso mesmo. Se seu filho reclama muito de dor de cabeça ao voltar da escola, se você sofre de dores de cabeça no trabalho, ou ao final de um passeio pode ser um sinal de problema na visão. Mesmo que aparentemente esteja tudo bem.

Isso porque a miopia não interfere na nitidez em objetos a curta distância. Alguém pode ler e enxergar perfeitamente bem de perto, e não saber que tem o distúrbio se o grau for pequeno.

Quando a pessoa desenvolve miopia de maneira lenta, pode sofrer por anos com dores de cabeça sem saber qual é a razão. Por esse motivo é importante não apenas tratar os sintomas, mas buscar a causa do problema antes que se agrave.

Um outro sintoma da visão curta é a tensão ocular. A constante necessidade de fechar as pálpebras para focar um objeto distante.

Visto que para enxergar de longe o míope força a visão para focar as imagens, essa tensão ocular tende a aumentar com o tempo se o problema não for tratado.

A visão curta se desenvolve em qualquer idade, e pode se agravar na adolescência e até mesmo na infância.

Quem tem um grau menor ainda consegue ver imagens nítidas mesmo estando a vários metros de distância, por isso é bom ficar atento aos outros sintomas e procurar um oftalmologista para uma avaliação, principalmente se tem casos na família.

Como enxerga um míope

Para enxergar usamos a córnea que é a parte frontal transparente dos olhos, e o cristalino (ou lente) que fica na parte interna dos olhos. O cristalino é composto por um sistema de células organizadas que muda de forma para ajudar a focar as imagens.

Em uma visão considerada normal os dois elementos possuem curvatura lisa e parecida com uma esfera. A lente e a córnea captam a luz e a refletem formando a imagem perfeita e focada.

Quando esses elementos não possuem características uniformes, não é possível focar a imagem. O resultado é uma visão embaçada ou borrada.

Para entender melhor veja a imagem abaixo:

miopia-o-que-é-cornea

Um olho ou córnea com uma curvatura mais longa que o normal foca a luz na frente da retina. O normal é focar na própria retina. O resultado desse foco errado são imagens igualmente desfocadas quando vistas a distância.

Quando buscar ajuda médica para o tratamento da miopia

É recomendável procurar um oftalmologista caso apresente os sintomas descritos acima como:

  • Visão embaçada, borrada ou nebulosa;

  • Tensão ocular. Frequente necessidade de fechar as pálpebras para enxergar de longe;

  • Dor de cabeça;

  • Fadiga ocular.

Detectar um problema de visão nem sempre é fácil, por esse motivo é importante; independente de apresentar ou não algum sintoma, uma visita ao médico uma vez a cada dois anos.

Essa visita de rotina deve ser feita por crianças, incluindo recém-nascidos e adultos até a faixa dos 40 anos. A partir dessa idade as visitas ao médico oftalmologista devem ser realizadas anualmente como prevenção e tratamento caso apresente algum problema.

O tratamento da miopia é indicado pelo médico e em poucos dias observam-se melhoras. O paciente pode precisar de óculos, lentes ou outro tipo de tratamento.

Caso apresente problemas na visão, ou perceba alguma mudança procure assim que possível ajuda médica. Certos distúrbios podem evoluir com muita rapidez.

O médico também avaliará a frequência das consultas de rotina. Em geral, quem usa óculos precisa de um exame clínico pelo menos uma vez por ano, mas cada caso é um caso. Por isso é importante fazer a avaliação e seguir as orientações.

Como é feito o diagnóstico

Na consulta oftalmológica o médico fará algumas perguntas, como por exemplo:

  • Sua visão melhora ou piora ao aproximar os objetos?

  • Quando começaram os sintomas?

  • Você precisa apertar os olhos para enxergar de longe?

  • Outras pessoas da família usam óculos ou lentes?

  • Você tem algum problema de saúde como diabetes?

  • Toma algum medicamento?

Essas entre outras perguntas podem ser feitas. Esteja preparado para não esquecer nenhum detalhe e facilitar o diagnóstico.

Além das perguntas é feito um exame físico nos olhos. Alguns desses exames são:

  • Tonometria;

  • Oftalmoscopia;

  • Testes de visão;

  • Exame de lâmpada de fenda e outros.

Como se preparar para a consulta

Ao se preparar para a consulta anote todas as suas dúvidas e sintomas. Se você ou seu filho apresentarem sintomas anote quais são e a data aproximada do início do desenvolvimento.

Se desejar informações sobre lentes de contato também é bom anotar para tirar as dúvidas com seu médico. Um teste poderá ser realizado para avaliar a possibilidade de usar ou não as lentes.

Pergunte sobre os benefícios de usar lentes e óculos. Tire suas dúvidas sobre tratamentos permanentes como cirurgias corretiva, a frequência das consultas e assim por diante.

Quaisquer dúvidas, anote para não esquecer e esclarecer antes do fim da consulta.

Tratamento para miopia

O tratamento para miopia é recomendado de acordo com cada caso e é receitado pelo médico oftalmologista. Entre os tratamentos mais indicados estão os de lentes corretivas__ óculos e lentes de contato.

Em alguns casos pode-se realizar uma cirurgia refrativa. Esse tratamento cirúrgico remodela a curvatura da córnea.

Como todo processo cirúrgico a cirurgia refrativa também tem riscos e efeitos colaterais que podem incluir cegueira. Tire todas as suas dúvidas com seu médico para avaliar os benefícios e riscos.

Embora a miopia possa afetar até certo ponto a qualidade de vida, com um tratamento adequado é possível ter um controle e realizar todas as funções cotidianas normalmente.

Procure ajuda médica o quanto antes caso apresente algum sintoma de miopia. Faça consultas de rotinas para prevenção a cada dois anos.

Se tiver filhos em idade escolar, não ignore reclamações de dores de cabeça e nos olhos. Miopia tem tratamento e não impede de levar uma vida normal.

Agende uma consulta com um especialista aqui.